NOSSOS CURSOS
Técnicos:
» Eletrônica
» Estética Corporal e Facial
» Administração
» Edificações
» Eletrotécnica
» Petróleo e Gás
» Segurança no Trabalho
» Meio Ambiente
» Açúcar e Alcool
» Mecânica
Profissionalizantes:
» Eletricista com NR-10
» NR-10
» Pedreiro
» Mestre de Obras
» Mecânica de Automóveis
» Mecânica de Usinagem
» Caldeiraria
» Soldagem TIG MIG Eletrôdo
 
 

1 - OBJETIVOS DO CURSO

O profissional técnico de nível médio em Administração e Negócios está presente em todas as áreas do processo produtivo, oferecendo apoio administrativo, financeiro, contábil, computacional e logístico.

O cenário atual apresenta a necessidade de profissionais bem preparados para essa nova realidade que se apresenta, advento de novos padrões de consumo e de relação entre a empresa e sua clientela.

O curso de Habilitação Profissional de nível médio em Administração e Negócios pretende habilitar profissionais com uma perspectiva ampla das múltiplas formas em que podem se estruturar os mais variados tipos de organizações, garantindo uma maior empregabilidade, bem como uma maior mobilidade dentro da organização.

Os diagnósticos mais ou menos consensuais indicam, em síntese, os principais pontos dessas mudanças:

• O mercado empresarial é formado pela diversidade, é heterogêneo e complexo, alterando as funções dos trabalhadores, os perfis profissionais, as relações de trabalho e provocando novos conceitos de Habilitação e qualificação profissionais;
• A globalização não é mais novidade, trata-se de uma realidade única, onde pequenas e grandes empresas necessitam de adequações profissionais e novas competências para continuar competitiva.
• Ascensão do setor terciário sobre o setor secundário e primário no que se refere à criação de postos de trabalho e ao crescimento do emprego nas diversas modalidades de prestação de serviços.
• Exigência de capacidade de gestão, organização e informática, bem como, de comunicação e informação para todas as formas de trabalho, seja o trabalho formal, informal, autônomo etc.

Podemos concretizar esta necessidade atual do nosso mercado, inclusive, observando os classificados do jornal de circulação local; é comum encontrarmos em anúncios de empregos a solicitação de profissionais com formação na área de Administração e Negócios de nível médio.

O setor educacional é o mais sensível, sofre diretamente as conseqüências dessas mudanças e tem como missão, colocar-se à frente por meio da reflexão, da compreensão, da crítica e da preparação das pessoas para esse mundo, com o compromisso da busca por melhor qualidade de vida e de trabalho da coletividade.

As organizações empresariais, públicas e sociais têm exigido dos seus atuais e futuros trabalhadores, níveis de escolaridade e habilitações muito maiores do que no passado, devido ao impacto das novas tecnologias nos processos de trabalho, prestação de serviços e de produção.

Nada mais justo então, não havendo alternativas, antecipar parte dos conhecimentos técnicos, profissionais e científicos aos egressos ou aos que estão cursando o nível médio, possibilitando uma travessia mais digna para o mundo do trabalho.

Percebemos também, a imensa procura de alunos matriculados em nossa Escola fazendo cursos livres e pretendendo seguir uma carreira técnica, principalmente pelo bom conceito e aprendizado que oferecemos com orgulho para região. Atualmente uma grande porcentagem das pessoas que visitam nossa Unidade, não fizeram curso conosco e procuram cursos livres e técnicos por indicações de outros alunos. Acreditam em nossa escola, almejam aprimorar seus conhecimentos, sua capacidade de crescer profissionalmente, por isso nossa preocupação em atender as pessoas que conhecem e precisam de uma formação técnica; esta é uma área de grande crescimento profissional.

Com isso, justifica-se o enorme desafio de enfrentar as mudanças nos cursos de educação profissional com informática aplicada, por meio de novas diretrizes curriculares para as áreas profissionais em geral, em especial para a área profissional de técnico em administração. As habilitações e qualificações profissionais da área profissional de administração, descritas a seguir, visam a atender os pressupostos colocados no atual contexto, bem como, os princípios da flexibilidade para responder às situações diferenciadas no tempo e no espaço que determinam a demanda por profissionais de nível técnico.

1.2 Objetivos

Os objetivos do curso proposto são:

• Promover habilitação profissional na subárea de administração de maneira a elevar o padrão de funcionamento das organizações e assim, melhorar as condições de vida e trabalho em sociedade;
• Promover a formação técnica dentro dos princípios inovadores de ensino e aprendizagem;
• Desenvolver competências e habilidades de administração para múltiplas funções econômicas, organizacionais e sociais;
• Permitir habilitação e qualificações de acordo com as necessidades do mercado.

2 – REQUISITOS DE ACESSO

Para matrícula na Habilitação Profissional de Técnico em Administração e Negócios o aluno deverá apresentar certificado de conclusão do Ensino Médio ou curso equivalente, para realização de estudos seqüenciais. No caso de não haver concluído o Ensino Médio, o aluno deverá apresentar atestado de matrícula e declaração de que está cursando o Ensino Médio, realizando desta maneira, estudos concomitantes da educação básica com a educação profissional. Na conclusão da Habilitação Profissional de Técnico em Administração e Negócios o aluno que não tiver concluído o Ensino Médio receberá a Certificação da Qualificação. Para as Habilitações Profissionais o aluno deverá comprovar idade de 15 (quinze) anos no início das aulas.

O período de matrícula será divulgado pela Escola, devendo o interessado apresentar no ato, os seguintes documentos:

- xerox dos documentos pessoais - RG, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, Certidão de Casamento ou Nascimento;
- certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou equivalente para os cursos de Qualificação;
- certificado de conclusão do Ensino Médio (ou equivalente) ou declaração de estar cursando o Ensino Médio, para as Habilitações Profissionais de Técnico;
- xerox autenticado do Diploma de Técnico em Administração e Negócios ou de subárea afim, para os cursos de Especialização;
- comprovante de residência, duas fotos 3x4, preencher o Requerimento de Matrícula, assinar contrato específico e outros que venham a ser exigidos pelos órgãos superiores.

Quando o aluno não apresentar imediatamente a documentação necessária, ele terá o prazo de 30 (trinta) dias para a regularização da matrícula.

3 – PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

O Técnico em Administração e Negócios é o profissional responsável pela organização da empresa para realização de seus fins econômicos. As competências e habilidades deste profissional estão relacionadas com os itens:

• Organização e realização de procedimentos administrativos empresariais;
• Efetivação de processos comerciais e da área de marketing e vendas;
• Estruturação da organização;
• Análise básica das demonstrações financeiras e comerciais;
• Abordagem e solução de problemas de Administração e Negócios.
As competências gerais dos profissionais egressos deste curso são:
• Capacidade de liderança, para dirigir pessoas e seus esforços, motivá-las, intervindo ativamente, porém de modo participativo e não impositivo, para que as necessidades da organização sejam atendidas.
• Elaborar planejamento envolvendo as áreas da empresa, levando sugestões e estratégias que poderão ser implementadas pelos superiores, objetivando a melhoria de performance da empresa;
• Solucionar com criatividade os problemas administrativos corriqueiros;
• Utilizar o computador como meio para otimizar seu tempo, organizar suas atividades, desenvolver rotinas de trabalho, manter histórico de suas funções e arquivar documentos;
• Aplicar senso de organização, eficiência, comportamento administrativo, ético e responsabilidade profissional;
• Ouvir o interlocutor para desenvolver um trabalho eficiente;
• Conhecer o uso construtivo da rede informal de comunicações dentro da empresa;
• Distinguir os sintomas de existência de barreiras às comunicações e tomar os cuidados que permitam melhorar o processo de comunicação;

As competências e habilidades específicas da área:

• Executar rotinas e processos administrativos e de apoio gerencial e por opção, de forma mais dirigida;
• Executar processos de análise financeiras e comerciais (estratégias de marketing);
• Executar rotinas e processos da Administração de Recursos Humanos, prospectar e selecionar candidatos, avaliar desempenho dos funcionários e proceder à interpretação da legislação trabalhista;
• Utilizar técnicas de vendas, de atração de clientes e de atendimento pessoal ou por meios eletrônicos;
• Identificar e formular estratégias de planejamento de marketing, de armazenamento e distribuição física de produtos, de compra e venda e de pós-venda;
• Identificar e analisar, na composição da estratégia comercial global, os efeitos de diferentes fatores, tais como preço, praça, produto ou serviços e estratégias de promoção de vendas;
• Aplicar conceitos de matemática financeira (juros, descontos, prestações) e calcular valores, utilizando-se de calculadoras financeiras ou de planilhas de cálculo.

4 – ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

O Curso desenvolver-se-á de maneira que o aluno adquira as competências e habilidades desenvolvidas em 3 módulos específicos:

- Módulo I: Qualificação Profissional em Administração
- Módulo II: Qualificação Profissional em Finanças
- Módulo III: Qualificação Profissional em Marketing

Concluídos os três módulos, com duração de 810h o aluno terá Habilitação Profissional de Técnico em Administração e Negócios, desde que tenha concluído o ensino médio.
Os 3 (três) módulos são profissionalizantes, correspondentes a profissões do mercado de trabalho, sendo que cada módulo possibilita uma terminalidade, com direito a certificado de qualificação profissional, contemplando de forma integrada em cada componente curricular as seguintes dimensões:

• competências teóricas e práticas específicas da profissão;
• conhecimentos gerais relacionados à profissão;
• atitudes e habilidades comuns a uma área profissional e ao mundo do trabalho.

MÓDULO I – Qualificação Profissional em Administração (270 horas)

Perfil de Conclusão

Neste módulo, o formando desenvolve uma visão integrada do processo de administração e de suas relações com as outras áreas do conhecimento, domina atividades de suporte e apoio administrativo nas organizações e conhece noções básicas das áreas funcionais de administração para futuras escolhas profissionais.

Competências

• Identificar e avaliar tipos e modelos de planejamento, buscando atualização e inovação.
• Correlacionar planejamento estratégico, planejamento tático e plano diretor.
• Definir objetivos dos planejamentos estratégico, tático e plano diretor.
• Definir o padrão e a natureza das informações a serem levantadas nos diversos tipos de planejamento.
• Avaliar e organizar informações, estruturando-as de forma a suprir o processo de planejamento.
• Conhecer os fundamentos, os objetivos, a estrutura, a organização e o funcionamento da gestão.
• Identificar as características das estruturas societárias e de suas obrigações com os sócios acionistas, Banco Central e outros órgãos.
• Interpretar informações sobre os registros legais societários para apoio ao planejamento.
• Identificar as bases do sistema orçamentário, seu objetivo e sua utilização com controle de atividades.
• Identificar métodos de montagem do orçamento financeiro, de pessoal, administrativo, de materiais, patrimonial, de produção, de comercialização e demais metodologias para contabilização de orçamento.
• Interpretar dados numéricos e factuais sobre atividades econômicas, obedecendo instruções definidas em escala superior, e classificá-las por natureza específica, no sentido de permitir sua inclusão, de forma adequada e eficaz, em plano orçamentário.
• Caracterizar política de recursos humanos, seus objetivos e abrangência, identificando os elementos que a compõem.
• Correlacionar a política e as ações de recursos humanos, tais como:
- Processos de recrutamento.
- Processos de seleção.
- Processos de integração.
- Processos de desenvolvimento.
- Processos de capacitação.
- Processos de avaliação.
- Plano de cargos.
- Plano de encarreiramento.
- Plano de salários.
• Caracterizar objetivos, dados e informações do planejamento de recursos humanos.
• Avaliar modelos inovadores de planejamento de recursos humanos.

MÓDULO II – Qualificação Profissional em Finanças (270 horas)

Perfil de Conclusão

O assistente de finanças domina aspectos operacionais e tem condições de formar uma visão holística e integrada da área financeira.

Competências

• Caracterizar e diferenciar planejamentos tributário, financeiro e contábil.
• Identificar e analisar fundamentos,
• planejamento tributário.
• Interpretar os objetivos dados e informações do planejamento tributário.
• Correlacionar planejamento tributário com demais tipos e modelos de planejamento.
• Identificar o caráter normativo da legislação tributária e seu processo de taxação, penalização, isenção, suspensão e deferimento de impostos, assim como:
- Período base.
- Período fiscal.
- Depósitos.
- Correções de valores.
• Identificar e caracterizar pontos essenciais de uma política financeira e sua utilidade para executores e usuários.
• Identificar a relação entre as políticas financeiras e a execução financeira no processo de definição dos parâmetros da política de financiamento comercial, industrial, etc.
• Identificar e caracterizar o sistema, objetivos e amplitude do planejamento financeiro.
• Identificar a importância do planejamento e organização de sistemas específicos de controles internos compreendendo:
- Delegações de funções.
- Segregações de trabalho.
- Sistemas de classificação de documentos.
- Calendários, eventos legais ou internos.
• Identificar e caracterizar sistemas de controles sobre registros contábeis e gerenciais, de publicações contábeis ou gerenciais, de métodos de estornos, ajustes ou reclassificações, de acordo com as normas e princípios de contabilidade a serem aplicados, bem como sistemas de guarda e segurança dos arquivos.
• Identificar as fases da administração de tributos
• Identificar o processo tributário quanto a fato gerador, recursos, penalidades e responsabilidades solidárias dos agentes ativos e passivos.
• Identificar os serviços de registro de movimentos tributários.
• Avaliar relatórios mensais de desempenho tributário.
• Conhecer o significado do tributo, sua abrangência e o processo de recolhimento quanto à forma e procedimentos.
• Identificar os regimes de isenção, imunidade e redução de imposto e o processo de penalização por atrasos, erros e desconformidade no recolhimento.
• Identificar o processo de ajustes, estornos e suspensões de tributos.
• Caracterizar as responsabilidades solidárias do contribuinte no tocante à evasão de impostos.
• Identificar o processo de infrações e autuações fiscais quanto às formalidades, documentação e fato gerador.
• Diferenciar os processos de defesa administrativa e jurídica e seus ciclos documentais, prazos e custos.
• Distinguir o processo de infrações e autuações fiscais quanto às formalidades, documentação e fato gerador.
• Compreender a política de crédito e cobrança e representar.
• Representar graficamente as tendências e riscos.
• Caracterizar e definir as funções dos fluxogramas e cronogramas financeiros.
• Compreender a política de contas a pagar.
• Interpretar os relatórios financeiros de fluxo de caixa.
• Selecionar, com base nas normas ou legislação, a forma de aplicar superávits de caixa.
• Analisar relatórios de bancos determinando os custos nominal e real dos financiamentos dos déficits.
• Elaborar relatórios financeiros e gerenciais com resultados das aplicações e financiamentos. Conhecer a política de empréstimos financeiros, ativos e passivos, de curto, médio e longo prazos.
• Conhecer a política de adiantamentos de ativos e passivos, de curto, médio e longo prazos.
• Interpretar planos estratégicos, táticos e operacionais que contribuam para o estabelecimento de níveis de capital próprio necessário à manutenção das atividades.
• Avaliar o comprometimento do capital em ativos imobilizados, sua rotação e sua respectiva taxa de lucratividade real.
• Avaliar necessidades, de incorporação de reservas de lucros e/ou excesso de reservas legais.
• Avaliar necessidade ou possibilidade de redução do capital e/ou recompra de ações ou quotas-parte.
• Conhecer processo de registro de capital nacional ou estrangeiro.
• Conhecer objetivos, uso, conceito, abrangência, forma e importãncia, necessidades e normas para elaboração do plano de contas e o manual de codificação de eventos contábeis, bem como as rotinas de classificação contábil dos documentos.
• Identificar bases de um plano de controle interno definindo as segregações de funções entre registro, custódia autorização e controle.
• Interpretar instruções para operacionalizar a entrada e saída de dados contábeis através de sistemas informatizados.
• Identificar a importãncia e forma de organizar atividades do arquivo centralizado ou descentralizado da contabilidade, gerando metodologia operacional e divulgação de normas.
• Elaborar normas disciplinadoras sobre o sistema de arquivo particularizando acesso, guarda e destruição.
• Avaliar cumprimento dos procedimentos de controles internos.
• Elaborar partidas contábeis, de conformidade com a natureza da operação. Classificar documentos de conformidade com a origem da operação. Classificar empenho de gasto de conformidade com as rubricas orçamentárias.
• Organizar processo de análise de contas, definindo cronograma mensal e grupo de contas a serem analisadas.

MÓDULO III – Qualificação Profissional em Marketing (270 horas)

Perfil de Conclusão

O formando conhece a estrutura e funcionamento de uma área de marketing em uma organização e tem o domínio das técnicas, ferramentas e aplicativos de computador utilizados na área de marketing.

Competências

O aluno deve ser capaz de:

• Identificar características e metodologias de pesquisas econõmicas, de mercado e tecnológicas.
• Interpretar fundamentos e objetivos do processo de pesquisa.
• Interpretar estudos, relatórios e pesquisas econõmicas e de mercado.
• Identificar fontes para pesquisa de tecnologia administrativa, tais como:
• Revistas especializadas.
• Exposições e congressos.
• Publicações de empresas que desenvolvam tecnologias administrativas. Avaliar novas tecnologias em relação àquelas já utilizadas, levando em conta: Agilidade do equipamento.
• Diversidade de funções

5. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

A verificação do aproveitamento escolar para os alunos da Habilitação Profissional em Administração e Negócios, deverá incidir sobre o desempenho do aluno nas diferentes situações de aprendizagem, considerando-se as competências, habilidades e conhecimentos adquiridos, necessários ao perfil de conclusão do profissional.

Para a avaliação do aproveitamento serão aplicados no mínimo, dois instrumentos diversificados elaborados pelo professor no decorrer do módulo. A nota final de cada componente curricular é o resultado da média aritmética das notas obtidas no período letivo de cada módulo, numa escala de 0 (zero) a 10(dez) inteiros, graduados de 5(cinco) em 5(cinco) décimos, sendo que no cálculo da nota final de cada componente, a primeira decimal será elevada para mais, quando a segunda for igual ou superior 5 (cinco).

Serão avaliados a Freqüência e o Aproveitamento de forma dissociada, ou seja, a freqüência não influirá na apuração do aproveitamento.O registro da freqüência será feito no Diário de Classe do professor cabendo a este e à Secretaria da Escola a responsabilidade pelo controle das faltas.

Ao final do módulo, para fins de certificação, além dos itens constantes do Regimento Escolar, o Conselho de Módulo avaliará cada aluno sobre os conhecimentos, habilidades e competências necessárias ao desempenho do técnico, nas diferentes situações de trabalho:

• analisando a prática profissional do técnico na situação de trabalho;
• analisando o técnico dentro dos critérios estabelecidos para definir seu desempenho profissional;
• identificando a capacidade que integra e mobiliza os diversos contextos de atuação profissional;
• identificando a competência para transferir conhecimentos e habilidades para contextos novos.

No início de cada módulo, os alunos serão informados pelo Coordenador de Curso sobre a sistemática de avaliação dos componentes, módulos e curso.
Considera-se PROMOVIDO no módulo ou concluinte do curso o aluno que apresentar ao final do Módulo ou Curso Media Final igual ou superior a 7,0 (sete) inteiros em cada componente curricular e freqüência mínima de 75%(setenta e cinco) porcento no conjunto dos componentes ou disciplina.

Considera-se RETIDO no módulo:

I - o aluno que não tenha obtido, freqüência mínima de 75%(setenta e cinco) por cento no conjunto dos componentes curriculares;
II- o aluno que não tenha obtido em qualquer componente curricular do módulo, freqüência mínima de 75%(setenta e cinco) porcento;
III- o aluno que não tenha obtido, em mais de 3 (três) componentes curriculares, a média final de aproveitamento, igual ou superior a 7,0 (sete) inteiros, caracterizando-se como retenção parcial. Para prosseguimento dos estudos o aluno deverá rematricular-se no mesmo módulo e cursar os componentes em que ficou retido sendo dispensado dos demais em que foi promovido.

Para os alunos retidos em até 3 (três) componentes curriculares do módulo, a Escola adota o Regime de Progressão Parcial de Estudos, devendo o aluno matricular-se no módulo subseqüente, e cursar concomitantemente ou não em regime de dependência os componentes do módulo anterior que deram origem à retenção. Para a obtenção de certificado ou diploma é pré-requisito ter concluído todas as dependências dos módulos.Todos os procedimentos do Regime de Progressão Parcial de Estudos serão analisados pelo Conselho de Módulo ou Coordenador de Curso ou Professor do componente e, quando couber, registrado em livro próprio.

Recuperação: A Escola adota o sistema de recuperação contínua no exercício do cotidiano do trabalho do professor e a paralela realizada fora do horário normal das aulas. Os alunos que tiverem aproveitamento inferior a 7,0 (sete) inteiros, em qualquer componente no bimestre, trimestre ou semestre, deverão freqüentar os estudos de recuperação paralela, por meio de orientação de estudos ministrada pelo professor do(s) componente(s) ou por outro devidamente habilitado e por meio da realização de trabalhos e pesquisas elaboradas pelo aluno, para superar as dificuldades de aprendizagem. Não há limites para os componentes.Os resultados da avaliação comporão a média do bimestre, trimestre ou semestre do componente.

MATRICULE-SE» clique aqui

 
Copyright © 2014 - Escola Técnica Curso Nobre - Todos os direitos reservados.